Loja

Cidade Nenhuma

16.00

Uma obra conjunta de Luís Belo e Bruno Ministro, neste livro explora-se a cidade como objecto habitável, indiferenciado. Por um lado as fotografias transportam-nos para uma cidade quase fantasma, registada de forma fria, já as palavras de Bruno acrescentam uma dimensão inesperada a este livro e fazem dele uma leitura obrigatória, repetível.

Em stock

Descrição

Cidade Nenhuma é o segundo livro de fotografia de Luís Belo. Depois de Emergir, um registo saudosista, que acompanhou com poesia escrita por si, nesta nova publicação continuam a existir palavras a acompanhar as imagens, mas é Bruno Ministro que lhes dá forma, e fá-lo com particular destreza. Num registo experimental, com a linguagem verbal a ser explorada sob diversas perspectivas, o texto não se limita a acompanhar o leitor na descodificação das fotografias. O jogo de produção de significado é baralhado ao fornecer linhas diversas e divergentes para a leitura das imagens e das próprias palavras. Se as fotografias podiam existir neste livro sem os poemas e se os poemas podiam existir neste livro sem as fotografias, a verdade é que não é isso que acontece: a palavra existe junto da imagem e a imagem junto da palavra. E é nessa comunhão e/ou confronto que a leitura se tece.

Mais detalhes na página dedicada à obra.

Informação adicional

Autores

Luís Belo (Fotografias)
Bruno Ministro (Poemas)

Dimensões

A5 (210x148mm)

N.º de Páginas

64

Miolo

Papel branco 120gr, impressão a cores

Capa

Impressão em offset a prateado,
em papel negro de 300gr.

Edição

70 exemplares (1.º edição)

Ano

2014

ISBN

978-989-99240-0-0

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Cidade Nenhuma”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *